Combinados em família: quais as regras para usar o celular?

Seu filho finalmente chegou com a frase “Mãe, você vai me dar um celular?”. Pois é, esse dia chega para todo mundo e, se você julga ser um bom momento para comprar o aparelho, lembre-se de pensar sobre o modo de uso e regras para usar o celular.

Para isso, é interessante estabelecer regrinhas, conversar, entender como usar o aparelho, olhar para o próprio uso e outras dicas que separamos para você!

Quer entender mais o assunto? Continue lendo o artigo e anote as sugestões!

Conversar e alinhar expectativas

A felicidade do primeiro celular faz com que o uso comece em muito pouco tempo. Assim, seu filho pode começar a grudar nas telinhas e até priorizar o meio digital às atividades reais.

Para evitar o descontrole, antes de dar o aparelho, converse com seu filho sobre as expectativas de uso. Uma ideia é explicar o porquê dele estar ganhando o celular e o que você espera que ele aproveite.

Além disso, aproveite para ouvir muito bem o que seu filho tem a dizer sobre o uso do celular, entendendo os pontos dele e pensando no equilíbrio digital a partir do ganho.

Explicar sobre benefícios e perigos do mundo virtual

Outro ponto importante é explicar como o digital pode ser bom e ruim ao mesmo tempo. Assim, aproveite este momento para conversar sobre crimes virtuais, exposição da vida privada, conversa com estranhos e como evitar isso.

Além disso, você pode separar sites e apps que podem ser proveitosos para o uso do aparelho. Assim, além de alertar sobre os perigos, você aproveita para indicar melhores práticas e boas ideias para que o celular seja um aliado, não um inimigo.

Mostrar atividades benéficas com o celular

Aproveitando os sites e apps que você irá compartilhar com o seu filho, separe atividades benéficas com o celular. Afinal, existem interessantes que ajudam até na educação, unindo jogos com aprendizado.

Outro exemplo é usar o celular para algum tempo em família, com coreografias do TikTok, vídeos divertidos etc.

Definir uma rotina para usar o celular

A rotina de uso é importante tanto para os pais quanto para os filhos. Estabelecendo um período específico para usar o celular, é possível encaixar as telinhas no dia a dia de maneira saudável. Assim, uma dica é sentar e conversar com o seu filho, escolhendo em conjunto o período de conexão.

Vale lembrar que há pontos que não são discutíveis, como a quantidade de horas diária. Porém, o momento pode ser escolhido em família, ouvindo as sugestões da criança ou do adolescente para as regras para usar o celular.

Acompanhar o uso sem punição ou permissividade

Você pode monitorar o uso do aparelho para entender o que seu filho consome no meio digital, se os acessos estão seguros ou mesmo entendendo a quantidade de tempo que ele gasta. Para isso, ferramentas como o AppGuardian são fundamentais.

Porém, lembre-se de não tratar os desafios com punição ou permissividade. Se o seu filho excedeu o limite de tempo, converse em conjunto sobre a solução desse desafio. Assim, todos podem sugerir outras regas para usar o celular ou maneiras do problema não acontecer de novo.

Aproveitar ferramentas de monitoramento

O AppGuardian te ajuda a entender quais sites e apps estão sendo acessados, qual o tempo de tela  e tipo de conteúdo. Além disso, você pode programar bloqueios, relatórios e notificações.

Porém, é importante explicar para o seu filho como funciona o monitoramento e como interagir com o aplicativo. Assim, você evita discussões futuras sobre a rotina com o acompanhamento e deixa claro como funcionará a rotina de conexão.

Conversar de novo e de novo se necessário

Se as regras para usar o celular não estão dando certo, rediscuta os pontos. Assim, os combinados podem ser testados até um acordo que dê certo para todos.

É comum tendermos à punição ou permissividade quando achamos que as regras não estão dando certo. Porém, para garantir o uso saudável, você pode abrir diálogos entre os familiares, testando novas ideias.

Gostou das dicas? Então, aproveite para acessar este artigo sobre equilíbrio digital e garanta o uso saudável das telas para a sua família!